Quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017 às 18:07 em Notícias
Liminar suspende nomeação de Moreira Franco

 

Foi expedida uma Liminar nesta quarta-feira (8) pelo juiz Eduardo Rocha Penteado, da Justiça Federal do DF, suspendendo a nomeação de Moreira Franco para ministro da Secretaria Geral da Presidência da República.

A nomeação ocorreu na última quinta-feira (2), pelo presidente Michel Temer, proporcionando a Moreira Franco foro privilegiado no STF. Lembrando que, este foi citado 34 vezes na delação premiada de Cláudio Melo Filho, ex-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht.

Na decisão, o juiz compara o caso de Moreira Franco, citado por delatores da Lava Jato, com o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que também foi barrado sob suspeita de tentar assumir o cargo para escapar da jurisdição do juiz federal Sergio Moro.

 

A ação afirma que houve "desvio de finalidade" na nomeação de Moreira Franco com o objetivo de dar foro privilegiado ao peemedebista. Como ministro, Franco só pode ser investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal), e não pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância do Judiciário.

[Foto: Reprodução / Internet]

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!